Usando as mídias sociais no apoio à educação

Usando as mídias sociais no apoio à educação

Usando as mídias sociais no apoio à educação

Por Dirceu Nunes

A internet revolucionou o mundo e o comportamento das pessoas. Hoje, principalmente, as pessoas passaram a utilizar a internet também para interagir, opinar, participar e ajudar. E o principal motivador dessas ações são as mídias sociais e as principais ferramentas são os blogs e as redes sociais. E sobre o uso das mídias sociais é preciso entender que na web 2.0 a rede está no tempo de uma sociedade da autoria, onde cada internauta se torna autor/produtor e compartilha sua produção com os demais membros dessa imensa rede. Assim, deixa-se de existir o leitor/receptor e passa-se ao leitor/receptor/emissor ou distribuidor. As mídias sociais são os principais recursos na era da internet colaborativa. Os blogs e as redes sociais são os recursos de publicação mais utilizados no mundo, atualmente.

O blog vai progressivamente se transformando em útil e versátil instrumento de rápida difusão de informação no atual modelo de sociedade digital. Exemplo clássico é o jornalismo eletrônico que vem ganhando terreno sobre a versão impressa e televisionada em velocidade impressionante. Os blogs de jornalistas conceituados e grandes empresas de comunicação, como Globo, Grupo Abril e Grupo Folha, constituem uma rede de informações de acesso instantâneo e, praticamente, em tempo real. O que antes só era apresentado no jornal das 8 horas da noite ou na edição impressa do dia seguinte, hoje é apresentada no momento em que ocorre, ou talvez com diferenças mínimas de tempo.

Forte aliado dos blogs são as redes sociais. A força de propagação da mensagem inserida em um blog é potencializada ao extremo com o apoio das redes sociais. Imagine sua informação compartilhada e propagada mil vezes em apenas poucos minutos! A esse boca a boca virtual dá-se o nome de capital social, ou seja, muita gente, mas muita gente mesmo falando de você ou sobre o que você quis propagar.

Um exemplo recente é o fenômeno da “Gina Indelicada”, fan page criada por um jovem paulista de 19 anos que desde sua criação, em 14 agosto último, conseguiu 1,1 milhões de fãs em apenas uma semana! O Burguer King, rede mundial de fast food, levou mais de um ano para conseguir números parecidos com o da “Gina Indelicada”. Quer saber mais sobre esse fenômeno? Acesse http://surgiu.com.br/noticia/47335/gina-indelicada-surpreende-empresa-vamos-acionar-o-juridico.html

O uso das mídias sociais na educação

As mídias sociais como disseminadores da comunicação interativa e colaborativa, podem ser reconhecidas pelas escolas como um recurso muito útil na integração da escrita com a leitura. Assim, poderiam ser consideradas como uma importante estratégia nas ações de comunicação e de apoio à formação. As mídias sociais podem ter várias finalidades: podem ser o portal da escola, como sua forma de comunicar à sociedade o que ela vem desenvolvendo junto aos alunos e à própria comunidade. Podem ser espaços de divulgação de ações, parcerias ou projetos específicos, podem se tornar engajadores de voluntários para campanhas solidárias, podem servir de apoio educacional entre professores e alunos, etc. Finalidades não faltarão.

Como principais motivos para o uso das mídias sociais pelas escolas no apoio à educação, podemos citar:

1) Ferramenta construtivista de aprendizagem;

2) Tem uma audiência potencializada para o blog e que ultrapassa os limites da escola, permitindo que aquilo que os alunos produzam de relevante vá além da sala de aula;

3) São arquivos de aprendizagem que professores e alunos podem construir juntos, colaborativa e voluntariamente;

4) É uma ferramenta democrática;

5) Podem favorecer o desenvolvimento de competências em determinadas áreas, dentre outras.

As mídias sociais no apoio a educação podem ser interpretadas como importantes ferramentas institucionais focadas na aprendizagem, não só de alunos, mas de pais e demais membros da comunidade. E como atividade focada nos alunos, as mídias sociais permitem a eles construir capacidade de atuarem tanto individualmente como em grupos, atributos que são atualmente reconhecidos como importantes e essenciais para as pessoas na sociedade contemporânea.

Mas para que gerem o efeito pretendido e atinjam com êxito seus objetivos, o uso das mídias sociais pelas escolas ou por qualquer outra organização, não deve estar sob a responsabilidade amadora. Recomenda-se sempre a prudência na escolha de quem irá comandar essas ferramentas dentre de sua equipe interna, que deverá dedicar-se com certa exclusividade a tarefa ou, como opção viável, contratar uma agência de marketing digital reconhecida e com expertise para o desenvolvimento das ações pretendidas.

Muitas organizações ainda desconhecem as vantagens que ações consistentes de marketing digital podem proporcionar e outras se baseiam em ações amadoras que não geram negócios e lucratividade, só gastos. A internet pode ter um papel crucial na geração de lucros de um empreendimento, e não estamos falando só de lucros financeiros, mas também de lucratividade social, ou seja, o aumento de capital social junta à comunidade.

Um comentário

  • Hi, this is a comment.
    To delete a comment, just log in and view the post's comments. There you will have the option to edit or delete them.

Deixe um comentário

Please enter your name. Please enter an valid email address. Favor escrever um comentário